20165ª Edição - Mais de 6000 participantes;
- 110 ações;
- 28 escolas;
- mais de 20 coletividades/associações/IPSS;
- 25 parceiros.
20154ª Edição - Mais de 6000 Participantes;
- O Dia B recebeu o prémio EDP/Visão "Todos queremos um bairro melhor" entre 324 projetos nacionais.
20143ª Edição - 5500 Participantes;
- 27 escolas, 80 projetos, 3000 alunos e 700 encarregados de educação intervieram no pátio escolar;
- No dia seguinte, o apelo foi dirigido para o espaço público comum com projetos a desenvolver em parques, matas e vários muros da cidade.
20132ª Edição - 4500 Participantes;
- 118 ações e 26 parceiros;

A proposta foi bem recebida pelas escolas do concelho e em 2013 o Dia B passou a realizar-se durante 2 dias, um dedicado às escolas e o outro ao espaço público.
20121ª Edição - 1200 Participantes;
- A avaliação final resultou na necessidade e importância de envolver a comunidade educativa;
- Rosto do Ano 2012, na área Cidadania, atribuído pelo jornal Rostos.

CONHECER MELHOR O B

O DIA B surgiu como uma oportunidade de refletir a cidade enquanto espaço coletivo de pertença de todos os cidadãos que aí têm de encontrar condições e oportunidades para a sua realização pessoal, social, política e económica, requisitos fundamentais do bem-estar urbano de uma cidade moderna.

Este projeto reflete a cidade que queremos… Uma cidade assente na participação, solidariedade, democracia e cidadania, onde todos fazem parte das decisões, propondo os locais e áreas onde querem intervir e posteriormente preservando e respeitando os espaços intervencionados.

Visão

O reforço da cidadania ativa, a capacidade de auto-organização e a procura coletiva de soluções, com a participação direta da comunidade.

Missão

Dinamizar ações no espaço público através do envolvimento da população e de angariação de parcerias, contribuindo para o reforço da coesão sócio territorial do Concelho.

Valores

Pauta-se pelos valores da participação, responsabilidade social e ambiental, criatividade, cooperação, interação e cidadania.

Objectivos

Este projeto reflete a cidade que queremos… Uma cidade assente na participação, solidariedade, democracia e cidadania, onde todos fazem parte das decisões, propondo os locais e áreas onde querem intervir e posteriormente preservando e respeitando os espaços intervencionados.